14/05/09

Cores além do que vemos.

Sempre fui apaixonada por cores. Sempre convivi bem com elas.
Minha mãe pintava e trabalhava num escritório em casa.
Desde criança tive acesso a tintas e lápis de cor, lápis de cera, e até as maquiagens e batons da minha mãe me encantavam.
Qualquer papel carbono colorido era uma festa, e uma bagunça. (risos)
Não tinha dificuldades para percebê-las, nem para identificá-las e misturá-las.
Era muito natural saber que amarelo + azul = verde.

Depois da Facul então minha curiosidade sobre as coisas relativas à linguagem e percepção visual aumentaram.
Passei a amar Rudolf Arnheim (Arte e percepção visual) e Israel Pedrosa (Da cor a cor inexistente).

Mas o que é a cor?

"A cor é uma percepção visual provocada pela ação de um feixe de fótons sobre células especializadas da retina, que transmitem através de informação pré-processada no nervo óptico, impressões para o sistema nervoso.”

Imagine- se na frente de 3 canhões de luz. Um amarelo, um vermelho e um azul. E esses canhões de luz acionam ventiladores quando as luzes estão acesas.
O azul sopra fraco, e é um vento curto.
O amarelo sopra um pouco mais forte que o azul e um pouco mais.
O vermelho sopra forte e por um tempo maior que os outros dois.
É assim que as células especializadas na sua retina, nos olhos, percebem as cores. Por isso as cores possuem o chamado Comprimento de onda.



"A cor de um material é determinada pelas médias de freqüência dos pacotes de onda que as suas moléculas constituintes refletem. Um objeto terá determinada cor se não absorver justamente os raios correspondentes à freqüência daquela cor.”

Lembre da sua blusa azul:
O tecido foi banhado em uma solução química que faz com que a sua blusa absorva todas as ondas referentes às cores do arco íris que existem na luz, e só rejeite as ondas curtas. Resultado: Ela só reflete o azul. E assim nós temos uma blusa azul.

“A cor é relacionada com os diferentes comprimento de onda do espectro eletromagnético. São percebidas pelas pessoas, em faixa específica (zona do visível), e por alguns animais através dos órgaos de visão, como uma sensação que nos permite diferenciar os objetos do espaço com maior precisão.
Considerando as cores como luz, a cor branca resulta da sobreposição de todas as cores, enquanto o preto é a ausência de luz. Uma luz branca pode ser decomposta em todas as cores (o espectro) por meio de um prisma. Na natureza, esta decomposição origina um arco-íris.”
Fácil né?
É só você pegar um cristal e colocar no sol. Ele vai decompor as cores da luz e você vai ver um “feixe" colorido como um arco íris
Quando se fala de cor, há que distinguir entre a cor luz ou a cor pigmento.

(Mas antes vamos entender o seguinte:Cor primária é aquela que não é obtida com a mistura de nenhuma cor.Cor secundária ou composta: é aquela criada a partir da mistura de duas cores primárias.)

No primeiro caso, chamado de sistema RGB, temos os objectos que emitem luz monitores,televisão, Sol, etc.). As cores primárias de luz são :Vermelho, Azul (cobalto), Verde. E se juntarmos os diferentes comprimentos de onda dessas cores teremos a cor branca.
No segundo sistema CMY, cor pigmento, iremos manchar uma superfície sem pigmentação (branca) misturando-lhe as cores primárias de pigmento; Ciano + Magenta + Amarelo.
Mas aí vc vai me dizer:
“Eu aprendi na escola que as cores primárias de tintas eram vermelho, azul e amarelo!”
É o seguinte: antes da invenção do prisma e da divisão do espectro da luz branca nada disto era conhecido, pelo que ainda hoje é ensinado nas nossas escolas que Amarelo/Azul/Vermelho são as cores primárias das quais todas as outras são passíveis de ser fabricadas, o que não é incorrecto. As cores percebidas por nossos receptores visuais não correspondem as cores encontradas na Natureza.
Na Natureza amarelo, azul e vermelho são as cores de onde todas as outras se originam a partir de suas combinações: amarelo + azul = verde, vermelho + amarelo = laranja, azul + vermelho = roxo. A combinação de cores primárias formam cores secundárias, que combinadas com cores secundárias formam cores terciárias e assim por diante.

Bom..esse texto ficou bem grande né?Mas como o assunto é interessante eu continuo depois, e trarei várias curiosidades.

Inté.

Um comentário:

  1. Olá, Ariadne. Gostei do seu conteúdo. Obrigada. jutur2@yahoo.com.br

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: Quem não tem conta no Google, basta selecionar a bolinha ao lado de "Nome/URL", e escrever seu nome na caixa de diálogo ao lado.
Os comentários feitos anonimamente não serão publicados.
Deixe ai o seu olhar!